Kinvo Artigos

ações nos EUA: 4 dicas práticas para investir melhor

ações nos EUA: 3 maneiras para investir melhor

Compartilhe essa publicação

4 maneiras para investir melhor em ações nos EUA

Se você que entender um pouco mais sobre ações nos EUA e como investir nelas, este é o texto certo para você. 

Não é nenhuma novidade que o mercado americano de ações é o mais desenvolvido do mundo. Também é de conhecimento geral que muitas pessoas têm vontade de investir em ações nos EUA, mas não o fazem por desconhecer os procedimentos ou mesmo pelo incômodo que o fator cambial traz aos investimentos.

Mesmo assim, muita gente prefere investir diretamente por meio de corretoras e bancos americanos ao invés de comprar BDRs ou ETFs aqui no Brasil, por exemplo.

Dessa forma, vamos explorar aqui 4 maneiras existentes para se investir em ações americanas, seja diretamente do Brasil, seja por uma corretora nos EUA.

 

1.  comprar ações nos EUA: escolhendo a instituição financeira

Se você deseja abrir conta numa corretora americana, sua primeira missão é encontrar uma corretora que aceite estrangeiros sem residência nos Estados Unidos. A mais famosa, hoje em dia, é a Avenue. Mas vale a pena pesquisar para comparar os custos cobrados com outras instituições. Há até empresas especializadas em ajudar brasileiros que querem investir lá, como a Liberta Global. Importante verificar se todas as instituições pesquisadas possuem autorização da SEC, instituição similar à CVM nos EUA. Isso pode evitar dores de cabeça com empresas irregulares.

 

2. Cuidando da documentação e transferência de recursos

Depois você deve separar toda a documentação necessária. Segundo o portal Money Times, a documentação inclui:

  • cópia do CPF
  • declaração do IR
  • comprovante de residência
  • cópia do passaporte
  • documento W-8BEN (indica que você é um brasileiro com intenção de investir na Bolsa dos EUA)

Uma vez que a documentação é aprovada, você poderá transferir os recursos para a corretora. Importante lembrar que esta será uma transferência internacional e que acarretará custos sobre isso, como tarifa de envio, IOF (1,1% para transferências de mesma titularidade) e a taxa de câmbio.

guia básico para investir em ações

3. Atenção ao Leão

Quanto ao imposto, ele é pago no Brasil. O IR é de 15% para ganhos de capital até R$ 5 milhões, mas possui uma tabela progressiva, na qual a alíquota pode chegar a 22,5% para ganhos de capital acima de R$ 30 milhões. Importante lembrar que os dividendos são tributados em 30% nos EUA, diferentemente do Brasil. Neste caso, a corretora irá recolher o imposto na fonte, não sendo necessário o pagamento do imposto no Brasil.

 

4. Estude as empresas

Por fim, se você é um investidor consciente, estude muito as empresas que deseja investir. Os EUA possuem uma quantidade muito maior de empresas com capital aberto. Mas não é só porque a empresa é americana é que será boa. Assim como no mercado brasileiro, temos exemplo de ótimas empresas para se investir, mas também péssimas opções. Num mercado tão grande como o americano, fica ainda mais fácil comprar gato por lebre. Fique atento.

 

Você também pode se interessar por:

 


Com o Kinvo Premium, você pode cadastrar seus investimentos americanos e acompanhar a rentabilidade de Stocks, REITs e ADRs na sua carteira. Ainda não é Premium? Assine o Kinvo e dê mais um passo nos seus investimentos.

Fique sempre atualizado.

Assine nossa newsletter e receba conteúdo sobre o
mercado financeiro todos os dias.

    Você também vai gostar