Kinvo Artigos

Como utilizar a cotação de um ativo em tempo real a seu favor? Entenda!

Quando o assunto é bolsa de valores, uma das primeiras imagens que vem à cabeça é um grande painel com códigos e números oscilando nas cores verde e vermelho, não é? Esse é um dos monitores de cotação em tempo real — que podem ser encontrados no interior da B3, a bolsa de valores brasileira.

Compartilhe essa publicação

Como utilizar a cotação de um ativo em tempo real a seu favor? Entenda!

Quando o assunto é bolsa de valores, uma das primeiras imagens que vem à cabeça é um grande painel com códigos e números oscilando nas cores verde e vermelho, não é? Esse é um dos monitores de cotação em tempo real — que podem ser encontrados no interior da B3, a bolsa de valores brasileira.

No entanto, você não precisa estar dentro da B3 para ter acesso às cotações de um ativo ou derivativo financeiro. Isso porque, desde a extinção do pregão viva voz em 2009, as negociações passaram a ser feitas de forma online, pela internet. Logo, os dados ficam disponíveis a qualquer interessado.

Mas, você sabe como utilizar a cotação de um ativo em tempo real a favor das suas operações? Se você já investe ou especula —ou pretende começar a operar no mercado —, precisa saber a resposta para essa pergunta. Então continue a leitura para saber mais!

O que é a cotação de um ativo?

Segundo o dicionário, cotação é a junção das palavras “cotar” e “ação”. Trata-se da prática de determinar o preço de um produto, moeda, valor mobiliário, entre outros. Na bolsa de valores, a cotação representa o preço pelo qual um ativo ou derivativo está sendo ou foi negociado.

Como as negociações na bolsa não são mais presenciais, seria praticamente impossível comprar ou vender um ativo ou derivativo sem ter acesso ao seu preço. Logo, a divulgação da cotação exerce um papel importante àqueles que desejam participar das negociações no mercado.

Com base na cotação, o interessado consegue tomar as decisões de abrir ou encerrar uma posição. Isso porque, a partir da leitura do preço, podem ser feitos diversos tipos de análise, como verificar se o ativo está barato ou caro, se é o momento propício para negociá-lo, etc.

Além disso, por meio da cotação de um ativo ou derivativo, o participante consegue observar se está tendo lucro ou prejuízo em uma posição que esteja aberta. A partir disso, ele poderá decidir qual estratégia adotar — por exemplo, encerrar a posição ou aumentá-la.

Como funciona a cotação na bolsa de valores?

Para entender mais sobre a cotação de um ativo, é preciso ter em mente que a bolsa de valores é um grande mercado — onde compradores e vendedores negociam valores mobiliários. Logo, os preços são formados a partir do interesse desses participantes, pela chamada lei da oferta e demanda.

Geralmente, quando a procura por um ativo aumenta, ele começa a ficar escasso. Por consequência, a tendência é que seu preço fique cada vez mais elevado. O contrário também é verdadeiro, ou seja, a falta de interesse por um ativo costuma resultar na diminuição do seu preço.

Então, diariamente, as cotações oscilam observando os preços das compras e vendas que estão sendo realizadas. Antes da abertura do mercado, é feito um leilão de modo a determinar o preço inicial do dia. O mesmo acontece no fechamento do mercado, determinando-se a cotação final.

A cotação atual sempre mostra o preço do último negócio realizado. Caso ele seja maior que o dado do fechamento do ativo ou derivativo no pregão anterior, o preço é apresentado na cor verde. Na hipótese de ser menor, esse preço será visualizado na cor vermelha. Se o preço for o mesmo, ele é representado com a cor branca.

Atualmente, é possível acompanhar em tempo real a cotação de qualquer ativo ou derivativo negociado em bolsa. Por exemplo, ações, opções, fundos imobiliários (FIIs), fundos de índice (ETFs), BDRs (brazilian depositary receipts), contratos futuros, etc.

Quais as vantagens de acompanhar a cotação de um ativo em tempo real?

Depois de aprender o que é cotação e como ela funciona, é interessante conhecer as vantagens de acompanhar uma cotação em tempo real. Para facilitar a compreensão, vale verificar os benefícios tanto na especulação quanto nos investimentos.

Confira!

Especulação

A primeira vantagem de observar a cotação na especulação é a possibilidade de aprender como o mercado funciona. Esse aprendizado é fundamental para aumentar suas chances de sucesso no mercado, especialmente para quem deseja buscar ganhos no curto prazo.

Você poderá verificar, por exemplo, como o mercado reage às notícias no campo econômico, político, cenário internacional, entre outros fatores. Isso tende a proporcionar maior agilidade de reação quando estiver operando, evitando o impacto do chamado “evento surpresa”, por exemplo.

Ademais, quando a proposta é especular, observar as movimentações de preços em tempo real é fundamental. Afinal, entrar atrasado em uma operação pode reduzir os seus ganhos ou até mesmo resultar em prejuízos financeiros.

Ou seja, ao acompanhar as cotações em tempo real, o especulador tem mais chances de identificar os melhores momentos de entrar ou sair de uma operação. Também é possível comparar a cotação atual com as passadas e fazer projeções de ganhos e perdas — gerenciando melhor os riscos.

Investimento

Já em relação ao investidor, que projeta seus ganhos no longo prazo, observar a cotação permite verificar o desempenho de suas posições ao longo do tempo. A depender das suas estratégias e objetivos, é possível usar da cotação atual visando encontrar o melhor momento de se posicionar ou de aumentar uma posição da carteira.

Por exemplo, imagine que o investidor queira investir em determinado negócio. Porém, ao verificar as cotações atuais e os fundamentos da empresa, ele entenda que os preços estão muito elevados.

Nesse caso, o investidor poderá aguardar um movimento que resulte na diminuição dos preços das ações e, então, se posicionar em um momento mais interessante. Dessa forma, quando os preços retornarem aos patamares anteriores, ele estará melhor posicionado.

Outra possibilidade é aproveitar momentos de baixa para comprar mais ações, diminuindo seu preço médio e aumentando o potencial de retorno.

Como utilizar a cotação do ativo a seu favor? 

Como você viu, é possível utilizar a cotação de um ativo a seu favor, visando melhorar suas operações — sejam elas de especulação ou de investimento. Afinal, entrar ou sair de uma negociação no momento certo pode fazer uma grande diferença nos seus resultados de curto ou longo prazo.

No entanto, para isso, é preciso se valer de uma boa ferramenta de acompanhamento do mercado. Entre as ferramentas mais básicas e de fácil acesso disponíveis, vale destacar o home broker — plataforma fornecida gratuitamente pelos bancos de investimento.

Porém, se você quiser ter acesso completo aos gráficos e indicadores utilizados por profissionais, vale procurar por uma plataforma de trading. Com ela, é possível acompanhar movimentos, traçar linhas de tendência, marcar regiões de preço interessantes para a negociação e muito mais.

Agora que você sabe a importância de acompanhar uma cotação em tempo real, continue estudando sobre o funcionamento do mercado. Quanto maior for seu conhecimento sobre as movimentações dos ativos e derivativos, maiores serão suas chances de êxito ao investir ou especular.

Quer facilitar o controle de seus investimentos na bolsa de valores? Conheça o novo Kinvo e concentre todos os seus investimentos em um só lugar!

Fique sempre atualizado.

Assine nossa newsletter e receba conteúdo sobre o
mercado financeiro todos os dias.

    Você também vai gostar