Kinvo Artigos

É hora de comprar ações? 

Compartilhe essa publicação

Recentemente em um encontro familiar, um tio próximo falou o seguinte: “Vou te fazer uma pergunta de 1 milhão de dólares: é hora de comprar ações?”

Para contextualizar a sua pergunta e justificar a minha resposta, preciso antes falar um pouco do cenário atual de investimentos. 

É hora de comprar ações: cenário atual de investimentos

O Ibovespa segue caindo pouco mais de 20% no ano, com projeções de recessão para o ano seguinte e inflação nos 10%. Sem falar nas eleições presidenciais e toda a lambança política, que já é tradicional no Brasil. 

O futuro é incerto e sempre será, mas o humor do investidor não. O sentimento do investidor sempre será o presente e não o futuro. Se estamos falando de um cenário ruim para 2022, a sensação negativa é atual. 

Por isso que perguntas como essa são tão frequentes. Quando a Bolsa tem um ano bom, estão todos otimistas e querendo comprar mais ações. O oposto acontece no cenário inverso. 

Histórico da Bolsa de Valores e os drawdowns

Vamos analisar o histórico da nossa Bolsa de Valores, para responder essa pergunta da melhor forma possível. Veja o gráfico abaixo: 

é hora de comprar ações_gráfico bolsa de valores

Na imagem temos os drawdowns do Ibovespa desde 1995. Drawdown é o maior percentual de queda do ativo, durante determinado período. Para ficar mais claro esse conceito, veja que o índice fechou o ano de 2020, com uma alta de 2,92%, mas o seu drawdown foi de quase 50%.

Posso dizer que ele ajuda a mostrar o quanto o seu dinheiro “balançou” durante o período determinado. É importante entender esse conceito na bolsa: quem aplicou no índice durante o ano de 2020 teve um retorno de positivo de 2,92%, mas no pior momento do ano chegou a perder quase 50% do seu patrimônio em ações. 

Todo investidor precisa entender que o seu dinheiro vai balançar antes de ter um retorno, essa ilusão de que vai sempre ganhar, não existe. Observe a tabela de drawdowns do índice bovespa desde 1995. 

comprar ações_gráfico

Veja que desde 1995 a menor queda do índice, no intervalo de 1 ano, foi em 2019 onde teve uma perda de 10%. O investidor que aplicou viu no MELHOR MOMENTO NEGATIVO, teve uma perda temporária de 10% do seu capital. Já no pior momento houve um recuo de 61,29%. 

Se tirarmos uma média desses drawdowns, o valor vai ser cerca de 28%. Posso afirmar que o investidor em ações, deve esperar em média um recuo de quase 30% em suas ações, de tempos em tempos. 

Imagino que nesse momento, você deve estar achando que é muito arriscado investir em ações. Muito provavelmente ninguém te mostrou esse lado do índice. Veja que mesmo com esses valores de queda assustadores, quem investiu em boas empresas ganhou bastante dinheiro.

guia básico para investir em ações

Sempre que a bolsa cair, você deve comprar?

Sobre a pergunta do meu tio, se é hora de comprar ações, eu facilmente posso falar que sim! É hora de comprar ações! 

Sempre que a bolsa cair 10%, você deve comprar. Sempre que a bolsa cair 20%, você deve comprar. Sempre que a bolsa cair 30%, você deve comprar. Sempre que a bolsa cair, você deve comprar. É para ser repetitivo mesmo! 

Tivemos uma bolha gigantesca, crises financeiras, impeachment, greve dos caminhoneiros, diversos problemas e vamos ter outros. Nunca mudou o fato das ações recuarem e abrir oportunidades para os investidores mais atentos. 

Sempre que a bolsa estiver caindo 10%,20% e até mais, o cenário nunca vai ser interessante. Pelo contrário, o cenário vai ser pessimista, por isso mesmo que as ações estão caindo. O investidor precisa entender de uma vez por todas, que se investe com perspectivas ruins. 

 

Conlcusão

Mostrei o histórico do Ibovespa, mostrando que todo ano pelo menos vamos ter um recuo de uns 15%. Sempre foi uma oportunidade para comprar ações, no momento atual de queda de 20% não é diferente.

Ano que vem pode anotar e me cobrar, vamos ter outros drawdowns de 10% ou mais e sem dúvida nenhuma será mais uma oportunidade de comprar boas ações.

Veja outros conteúdos de Alan de Oliveira que podem lhe interessar:

Texto escrito por Alan de Oliveira, especialista de investimentos do Kinvo:

  • Mais de 15 anos trabalhando no mercado financeiro
  • Já atuou em mesa de operações e como analista CNPI
  • Diretor de risco em uma instituição financeira

 

Acompanhe as redes sociais do Kinvo e fique por dentro de outras novidades e informações:

Fique sempre atualizado.

Assine nossa newsletter e receba conteúdo sobre o
mercado financeiro todos os dias.

    Você também vai gostar