Kinvo Artigos

Imposto de renda 2020: como declarar seus investimentos?

Compartilhe essa publicação

A Declaração Anual de Imposto de Renda costuma trazer muitas dúvidas para pessoas físicas e pessoas jurídicas, principalmente para os investidores. Quando e como você deve declarar seus investimentos? É possível estar isento da tributação? A situação pode ficar ainda mais confusa considerando que as aplicações não são todas iguais. Então como preencher corretamente a sua Declaração Anual de Imposto de Renda e evitar problemas com a Receita Federal? Continue lendo e descubra!

 

Imposto de Renda 2020

A Declaração Anual de Imposto de Renda 2020 já está disponível! Anunciada para começo de março até 30 de abril, foi prorrogada para 30 de junho de 2020. O motivo do aumento do prazo da entrega da declaração é a crise do coronavírus. Apesar disso, o governo federal manterá o prazo para pagamento das restituições devidas. Dica Kinvo: quem entrega a Declaração antes tem maiores chances de receber a restituição antes.

 

Quem deve declarar IR em 2020?

Deve declarar em 2020 quem, no ano-calendário de 2019, estava nas seguintes situações:

  • Teve rendimentos tributáveis, sujeitos a ajuste na declaração, acima de R$ 28.559,70;
  •  Recebeu valores isentos, não tributáveis ou tributáveis na fonte acima de R$ 40 mil.
  • Obteve ganho de capital na venda de bens, como imóveis ou veículos;
  •  Realizou alguma operação na bolsa de valores;
  •  Escolheu isenção de imposto na venda de imóvel residencial para compra de novo imóvel em até 180 dias;
  • Possuiu bens que somavam mais de R$ 300 mil em 31 de dezembro 2019;
  • Teve receita bruta superior a R$ 142.798,50 com atividade rural e pretenda compensar prejuízos de anos-calendário anteriores ou mesmo de 2019;
  • Passou a morar no Brasil em 2019

 

O que acontece se eu não declarar o Imposto de Renda?

Atenção: as multas e juros para declarações em atraso podem ser altas! Se não há imposto devido, o valor é de R$165,74. Se há imposto devido, a multa é de 1% sobre esse valor, limitada a 20%. São cobrados também juros com base na Taxa Selic, enquanto durar o atraso. Já deu para perceber que as consequências são chatas e que o melhor mesmo é preencher corretamente sua Declaração Anual, não é?

 

Como declarar seus investimentos no Imposto de Renda?

Renda fixa, renda variável, fundos imobiliários, criptomoedas… Toda aplicação financeira feita deve ser declarada no Imposto de Renda e cada uma delas possui especificidades que podem complicar a vida do investidor desavisado. Sim, você pode encontrar essas informações na internet caso procure atentamente. Mas você pode encontrar essas informações todas reunidas em um único guia profundo? Bom, agora pode! O “Guia Kinvo: IR para Investidores” é ideal para quem precisa declarar seus investimentos e não sabe como começar.

O guia é escrito por Beto Assad, analista CNPI e profissional de mercado. Além de te ensinar a declarar diversos tipos de aplicação, você também tem acesso exclusivo à dicas espertas de como se relacionar melhor com seu Imposto de Renda e estratégias valiosas para sua declaração.

Confira que tipos de investimento você vai aprender a declarar:

  1. Renda Fixa
  2. Renda Variável
  3. Fundos Imobiliários
  4. Previdência Privada
  5. ETFs – Exchange Funds
  6. Criptomoedas
  7. Investimentos no exterior
  8. Investimentos alternativos
  9. Doações e heranças

Se você quer escolher ter acesso a todo esse conhecimento e não ter problemas com a Receita Federal nunca mais, clique aqui.

 

Aprenda a investir melhor

Acreditamos que não basta só investir –  se você quer obter melhores resultados, deve investir de maneira inteligente e acompanhar e gerenciar sua carteira em uma plataforma confiável e segura. Por isso, além de ter acesso a um compilado de dicas e truques de insider para dominar a Receita Federal, ao adquirir o “Guia Kinvo: IR para Investidores” você também ganha 1 mês gratuito do plano Kinvo Premium.

Com o plano Kinvo Premium você consegue:

  • Conhecer a rentabilidade real de seus produtos
  • Acessar análises detalhadas no Kinvo Web
  • Receber notificações de proventos
  • Acompanhar a projeção de sua carteira
  • Entender a volatilidade de cada ativo
  • Saber quais ativos estão cobertos pelo FGC
  • Criar múltiplas carteiras

Quem já faz parte da comunidade Kinvo Premium pode acessar o e-book gratuitamente através do Kinvo Web ( veja o passo a passo aqui). Afinal, tão importante quando consolidar e controlar, é também fazer a declaração de forma eficiente.

 

Conclusão

Investidores de sucesso precisam aprender a declarar todos seus ativos no Imposto de Renda, e evitar problemas com a Receita Federal te ajuda a gerenciar melhor seu dinheiro e investir mais assertivamente. A Akeloo, empresa parceira Kinvo, te ajuda a calcular seu IR mensal na Bolsa de Valores e reúne todas as informações que você precisa para sua Declaração Anual. Assim, você evita se perder e ainda recebe dicas de inteligência tributária. Quer saber mais? Experimente aqui.

Fique sempre atualizado.

Assine nossa newsletter e receba conteúdo sobre o
mercado financeiro todos os dias.

    Você também vai gostar